Ronaldo Santini apresenta proposta que cria Dia Nacional do Laçador em 12 de novembro


  Santini: "Em novembro é o período que os laçadores mais trabalham, em vacinações e competições."


Para homenagear a prática do laço, comum em diversas regiões do País, o deputado Ronaldo Santini (PTB-RS) apresentou projeto de lei que cria o Dia Nacional do Laçador, a ser comemorado anualmente em 12 de novembro (PL 6070/19).
 
O parlamentar lembra que o laço é o instrumento mais importante para o sertanejo, o gaúcho, o vaqueiro, entre outros, no trabalho rotineiro de captura de animais que fogem do controle ou precisam ser vacinados. O laçador é o profissional que captura a rês sem a intenção de machucá-la.
 
“Sugiro a data de 12 de novembro como o Dia do Laçador, uma vez que, em novembro, acontece o período de vacinações, quando os laçadores mais trabalham: o gado que fica solto tem que ser capturado para poder ser vacinado. Nesse mesmo mês, também acontecem as principais competições de laço no nosso País”, lembra.
 
Mato Grosso do Sul
 
Santini destaca que a homenagem ao laçador já é uma realidade no Mato Grosso do Sul, que instituiu o dia 12 como comemoração. Estima-se que cerca de 5 mil pessoas pratiquem o laço somente nesse estado do Centro-Oeste.
 
“Hoje o laçador, para manter sua cultura e tradição, participa de competições nos centros de tradição gaúcha (CTGs), clubes de laço, vaquejadas, rodeios, torneios, entre outros eventos em todo o Brasil”, ressalta.
 
Reportagem – Carlos Augusto Xavier, sob a supervisão de Renata Tôrres
Foto – Jotaric

Comentários

Não existem comentários

Postar um comentário

  • ©2020 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.