Projeto de Nivaldo obriga órgãos de trânsito a divulgar processos sobre infrações na internet


     Nivaldo Albuquerque: “É a entrega de uma melhor prestação dos serviços públicos à sociedade.”


Os processos administrativos em análise nos órgãos de trânsito relacionados a multas e outras penalidades podem passar a ser acessíveis à população pela internet. O deputado Nivaldo Albuquerque (PTB-AL) apresentou projeto de lei que trata do assunto (PL 6324/19).
 
A proposta obriga departamentos e órgãos de trânsito a informatizem os processos administrativos para facilitar o acesso dos cidadãos aos atos e decisões relacionados ao julgamento de autuações e penalidades do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).
 
O parlamentar destaca que, atualmente, nos diversos órgãos do Sistema Nacional de Trânsito, a contestação das infrações trânsito é realizada em meio físico, com documentos impressos.
 
“Isso, na prática, dificulta ao cidadão a consulta da tramitação do processo instaurado a partir de sua provocação, principalmente, quanto o motorista deseja verificar as decisões sobre as impugnações e recursos”, explica Nivaldo.
 
Publicidade
 
O parlamentar afirma que o principal fundamento da sua proposta é efetivar o princípio da publicidade na administração pública. Esse princípio impõe que o poder público aja com a maior transparência possível, para que a população tenha conhecimento de atos e decisões dos governos municipais, estaduais e federal.
 
“A criação de um sistema virtual prático e acessível a todos, valendo-se dos mecanismos tecnológicos disponíveis aos cidadãos, certamente caminhará favoravelmente para a entrega de uma melhor prestação dos serviços públicos à sociedade, conferindo mais um passo à necessária meta de informatização dos processos administrativos”, diz.
 
Reportagem – Carlos Augusto Xavier, sob a supervisão de Renata Tôrres
Foto – Jotaric

Comentários

Não existem comentários

Postagem de comentários após três meses foi desabilitado.
  • ©2020 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.