Luísa Canziani: é necessário reconhecimento da presença feminina em espaços de poder

Escrito 05/12/2019, 09:00
Categoria destaque

            Luísa Canziani foi quem solicitou a realização do debate, parte do projeto “Brasileiras”.


A luta por uma maior presença feminina em todos os espaços de trabalho tem avançado. É o que mostra levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), apresentado em debate promovido pela Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados: em 2017, 43,3% das vagas formais, somando setor público e privado, eram ocupadas por mulheres, sendo que em 1986 eram apenas 32,1%.
 
A representante do Ipea, Janine Mello, explicou que independente da inserção, as diferenças de remunerações entre homens e mulheres em todas as esferas do setor público ainda são um desafio.
 
“Tem diferença de remuneração muito significativa isso traz questionamentos. Se os salários de entrada são iguais, por que as mulheres recebem menos do que os homens? ”, questionou.
 
Cargos de poder
 
Já a professora da Universidade de Oxford Andreza Aruska criticou a falta de reconhecimento de mulheres nos cargos de poder, principalmente no debate em torno de questões fundamentais, como saúde e segurança pública.
 
“É preciso fazer com que essas mulheres se reconheçam nessas posições e que a sociedade em geral comece a mudar a percepção do lugar da mulher, que ocupou por tantos anos lugares invisíveis na esfera doméstica”, destacou.
 
Ela acredita que a presença de mulheres na política proporcionará um maior diálogo em torno de questões que estejam relacionadas às pautas femininas.
 
Debate
 
Autora do pedido para realização da audiência e presidente do colegiado, a deputada Luisa Canziani (PTB-PR) reforçou a necessidade de mais mulheres serem ouvidas nesse debate.
 
A audiência faz parte do projeto "Brasileiras", uma série de palestras destinadas a discutir as questões relativas aos direitos das mulheres.
 
(Com informações do Câmara Notícias)
Foto – Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

Comentários

Não existem comentários

Postar um comentário

  • ©2020 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.