Em seminário no RS, Ronaldo Santini destaca protagonismo do Congresso nas reformas

Escrito 03/12/2019, 14:28
Por Renata
Categoria destaque

                    Da esq. p/ dir.: deputados Aguinaldo Ribeiro, Da Vitória e Ronaldo Santini.


Em seminário promovido pela Comissão Especial da Reforma Tributária (PEC 45/19) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, o deputado Ronaldo Santini (PTB-RS) destacou o papel do Congresso Nacional nas reformas, não apenas na do sistema tributário.

O parlamentar, que coordenou o evento, mencionou a reforma da Previdência (já promulgada e em vigor) e a administrativa, que vai alterar a legislação relativa a servidores públicos, prevista para o ano que vem.

“Quem tem dado o tom, quem tem conseguido tocar os temas de importância para o nosso País tem sido o Congresso Nacional. Chegou a vez da reforma tributária. Logo mais virá a administrativa e a política. Vamos trabalhar com dedicação e afinco para aprová-la o mais rápido possível”, disse.

Burocracia

Segundo ele, faz-se urgente a reorganização das matérias tributárias brasileiras, para diminuir a burocracia – um entrave para o crescimento econômico e para a geração de emprego e renda no Brasil.
“Não há mais como suportar a alta carga de impostos, nem a desorganização tributária do nosso País”, pontuou.

Santini também falou sobre o ambiente de insegurança para os empresários com a atual matriz tributária.

“Os empresários só passam a ter certeza de que cumpriram todas as suas obrigações tributárias cinco anos após o pagamento dos tributos, que é quando eles não podem ser mais questionados sobre o que seus contadores produziram. Isso precisa mudar”, argumentou.

Participantes

A audiência da comissão em Porto Alegre contou com a presença do relator da proposta, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), do vice-presidente da comissão, deputado Da Vitória (Cidadania-ES); do economista Bernard Appy, diretor do Centro de Cidadania Fiscal (CCiF); do ex-governador gaúcho Germano Rigotto; do deputado estadual Elizando Sabino; Do secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo do Estado do Rio Grande do Sul, Ruy Iriguay; do presidente da Comissão do Mercosul e Assuntos Internacionais da ALRS, Frederico Antunes; além de empresários e prefeitos interessados em discutir o impacto do fim do ISS para as contas municipais.

No debate, Santini também reforçou a necessidade de fortalecer as entidades municipais. “Tenho certeza de que daqui sairá um bom resultado para que o nosso relator possa se embasar em sua decisão final. É preciso olhar com atenção para os municípios”, disse Santini.
 
(Com informações da Assessoria de Imprensa do deputado Santini)
Foto – Facebook/Deputado Santini

Comentários

Não existem comentários

Postar um comentário

  • ©2019 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.