Josué Bengtson defende política de incentivo a aquaponia

Escrito 20/09/2018, 11:20
Categoria destaque

      Josué Bengtson: "A aquaponia pode ser explorada em pequenos espaços, inclusive urbanos"


O deputado Josué Bengtson (PTB-PA) apresentou parecer favorável à aprovação do projeto de lei que incentiva a aquaponia (PL 10456/18), com o uso integrado e sustentável de recursos hídricos na aquicultura e na produção e a comercialização de produtos agrícolas.

O projeto está pronto para votação na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados.

Aquaponia é a produção de espécies aquáticas junto ao cultivo de plantas, mas sem solo. O sistema de circulação de água é fechado. Dessa forma, os vegetais cultivados realizam a filtragem biológica da água e os resíduos de ração e restos do metabolismo dos organismos aquáticos são utilizados como nutrientes para as plantas.

Em seu parecer, Bengtson ressalta que o projeto “busca o desenvolvimento da aquaponia e o uso eficiente e sustentável dos recursos nela empregados, em especial da água”.

O projeto prevê que serão concedidos aos produtores que trabalharem com a aquaponia benefícios como incentivos fiscais, crédito rural com juros diferenciados e preferência no fornecimento da produção aquícola e agrícola ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Os programas de incentivo à aquaponia voltados à população urbana de baixa renda devem contar com capacitação técnica, sanitárias, ambiental e de produção, além de mecanismos de apoio financeiro para a compra de matéria-prima e equipamentos necessários ao desenvolvimento da atividade.

Em sua argumentação pela aprovação da proposta, Josué Bengtson afirma que “a aquaponia pode ser explorada em pequenos espaços, inclusive urbanos, e em variadas escalas de produção. Assim, a atividade se mostra adequada a muitos produtores, em especial aos agricultores familiares”.

Reportagem – Claudia Brasil
Foto - Acervo Câmara dos Deputados
 

Comentários

Não existem comentários

Postar um comentário

  • ©2018 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.