É consenso que educação vai resolver problemas do Brasil, mas falta foco, diz Alex

Escrito 03/04/2018, 14:50
Por
Categoria destaque

      Canziani: “Vamos pegar, dentro da educação, o que é mais prioritário e fazer que aconteça.”


O deputado Alex Canziani (PTB-PR) afirma que, apesar de ninguém duvidar de que a educação vai ajudar a resolver os problemas do Brasil, ainda falta estabelecer quais são as prioridades para o ensino no País. O parlamentar frisa que a criação de muitas metas para o setor dificulta a superação dos desafios.
 
“Na discussão do Plano Nacional de Educação (PNE), eu dizia que criar 20 metas é o mesmo que ter nenhuma meta. Se houver três metas para a educação brasileira e, efetivamente, em dez anos atingirmos essas metas, será um grande avanço para o País”, explica Canziani.
 
Sobre a educação brasileira, a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) recomendou, em documento chamado “Going for Growth” (A Caminho do Crescimento, em inglês), que o Brasil aumente os salários dos professores, construa mais escolas, garanta o ensino em tempo integral em todo o território nacional e diminua os índices de abandono escolar.
 
O documento foi lançado em 19 de março, com o objetivo de analisar políticas estruturais e econômicas de vários países, incluindo o Brasil, e de recomendar medidas que estimulem o crescimento e garantam que as riquezas serão compartilhadas.
 
“Vamos pegar, dentro da educação, o que é mais prioritário e fazer com que, efetivamente, aconteça. Espero que o novo governo, ano que vem, tenha essa clareza, e que consigamos dar à educação a prioridade que ela precisa ter no País”, concluiu.
 
Reportagem – Celimar de Meneses, com a colaboração de Regina Mesquita e sob a supervisão de Renata Tôrres
Foto – Jotaric

Comentários

Não existem comentários

Postagem de comentários após três meses foi desabilitado.
  • ©2020 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.