Precisamos organizar a "geringonça tributária" o quanto antes, diz Pedro Fernandes

Escrito 17/01/2018, 18:09
Por
Categoria destaque

             Pedro Fernandes: “Acho importante trazemos o debate para o Plenário da Câmara.”


Reformar o Estado brasileiro e organizar a “geringonça tributária” é prioridade para o deputado Pedro Fernandes (PTB-MA). O parlamentar afirma que o dinheiro acabou e que, para fechar as contas, é preciso aprovar uma reforma tributária o mais rápido possível.

“O deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) apresentou uma proposta de reforma que, acredito, dá para debatermos e até aprovarmos, porque tem uma reengenharia da questão tributária”, menciona.
Pedro Fernandes defende que o sistema tributário privilegie a renda ao invés do consumo e que a tecnologia seja usada na cobrança.

“Se examinarmos o consumo das pessoas pobres, daquelas que, vamos supor, ganham até mil reais, veremos que R$ 590 são pagos de impostos. Há um peso maior para essas pessoas que estão na base do consumo”, lembra o deputado.

Fernandes sugere também a reforma da Previdência para organizar as contas públicas e diz que não dá mais para fazer do tema uma questão ideológica, já que está cada vez mais difícil aprovar o Orçamento.

“Acho importante trazermos o debate para o Plenário da Câmara, para mostrar para a população que o Brasil tem rumo, tem governo e tem um Congresso que pode discutir respeitosamente. Não adianta alguns exagerarem ou anarquizarem. Vamos para o debate claro, sério e competente, para que possamos avançar”, conclui.
 
Reportagem – Celimar de Meneses, sob a supervisão de Renata Tôrres
Foto – Jotaric

Comentários

Não existem comentários

Postagem de comentários após três meses foi desabilitado.
  • ©2018 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.