Projeto apresentado por Deley dá a atletas poder de voto em entidades esportivas

Escrito 17/11/2017, 15:00
Por
Categoria destaque

             Deley: “Já passou da hora de os atletas serem os protagonistas do deu segmento.”


O deputado Deley (PTB-RJ) apresentou à Câmara o Projeto de Lei 8881/17, que democratiza o processo eleitoral nas entidades de administração desportivas – as federações e confederações do esporte. O projeto estende o poder de voto a atletas, árbitros e treinadores.
 
Segundo o parlamentar, é preciso envolver todos os atores na escolha dos responsáveis pela gestão e valorização esportivas.
 
“São as ‘Diretas Já’ no esporte. Já passou da hora de os atletas serem os protagonistas de um segmento que só existe por causa deles. Temos que mudar esse modelo, porque já vimos que o atual não deu certo”, declara.
 
Fraudes
 
Deley argumenta que as denúncias de fraude que têm ocorrido no mundo esportivo não teriam acontecido se os atletas escolhessem seus representantes no Brasil. O deputado refere-se à prisão do então presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, no dia 5 de outubro.
 
As acusações são de que Nuzman intermediou compra de votos para a eleição do Rio de Janeiro como cidade-sede da Olimpíada de 2016, entre outras.
 
Representatividade
 
O projeto também iguala o peso dos votos nas organizações em que os atletas já participam do processo eleitoral, mas têm sua representatividade proporcionalmente menor.
 
“O projeto não inviabiliza e nem tira o nome de ninguém que já está na direção das federações e confederações. O que acontece é que eles terão que ouvir os atletas”, explica.
 
O deputado ressalta que os jogadores de basquete dos Estados Unidos participam ativamente das decisões desportivas, tendo o poder, inclusive, de parar o campeonato em algumas situações.
 
Reportagem – Celimar de Meneses, com a colaboração de Regina Mesquita e sob a supervisão de Renata Tôrres
Foto – Jotaric

Comentários

Não existem comentários

Postagem de comentários após três meses foi desabilitado.
  • ©2021 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.