Faria de Sá condena possibilidade de fusão dos ministérios da Fazenda e da Previdência

Escrito 11/05/2016, 11:07
Por Renata
Categoria destaque

                 Arnaldo Faria de Sá: “Nós vamos ter que bater contra essa fusão.”


O deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) manifestou, em Plenário, sua preocupação com por ter recebido a informação de que, com o objetivo de reduzir o número de pastas na Esplanada, o governo Temer uniria o Ministério da Previdência Social ao da Fazenda.

“Achei uma coisa totalmente absurda. Vai se tratar aposentado e pensionista como mercadoria da Fazenda? Já queria, de antemão, deixar registrado, em alto e bom som, claro e bem aberto para todo mundo saber, que nós vamos ter que bater contra isso”, declarou.

Segundo Arnaldo Faria de Sá, o objetivo da fusão seria o interesse “meramente econômico”. “Não vai se tratar aposentado e pensionista desta maneira, porque não se pode admitir que os chamados benefícios essenciais tenham um valor menor do que o salário mínimo”, afirmou o deputado.

Reportagem – Renata Tôrres
Foto – Jotaric

Comentários

Gravatar
Carlos Paes

11/05/2016, 19:28

DEPUTADO: SOU UM ADMIRADOR DO SEU TRABALHO AÍ NA CÂMARA DOS DEPUTADOS, E TAMBEM SEU CABO ELEITORAL INCONDICIONAL. POR ISSO QUERO PEDIR QUE O SENHOR DIGA AO RODRIGO JANOT QUE ESTÁ NA HORA DE INVESTIGAR ESTA CUT, QUE NÃO FAZ OUTRA COISA A NÂO SER IMPEDIR TRÂNSITO E QUEIMAR PNEUS NAS RUAS DE SÃOPAULO. COMO PODE UMA CENTRAL SINDICAL SUSTENTADA PELO TRABALHADOR TER TANTO DINHEIRO ASSIM PARA FRETAR ÔNIBUS, REUNIR SEM TETO, SEM TERRA, E DESEMPREGADO E PAGAR LANCHE TODOS? É PRECISO TER MUITO DINHEIRO PARA AGUENTAR POR MUITOS MESES. A CUT PRECISA SER INVESTIGADA. DESDE JÁ, MUITO OBRIGADO. MAS POR FAVOR ME RESPONDA SE VAI FAZER ALGO SOBRE ISSO. ATÉ MAIS, OBRIGADO.

Postagem de comentários após três meses foi desabilitado.
  • ©2020 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.